Entenda os novos anseios dos cliente e descubra como atraí-los para o seu negócio.

Passados quase dois anos em meio de uma situação global que afetou todos os setores, as tendências de consumo mudaram. O cliente já não deseja mais o mesmo que há tempos atrás e seus hábitos se alteraram. E se existe um setor que se manteve firme, mesmo em meio a crise, foi o alimentício e, mais precisamente, os supermercados. 

Mesmo com as restrições de saúde e segurança, os mercados continuaram a receber os consumidores que cada vez mais em casa, necessitam do dobro de mantimentos para se manter. Até mesmo os mercados de bairro viram as vendas aumentarem

O setor que é considerado essencial, registrou uma alta de 43,9% no número de novas unidades, de acordo com dados da Geofusion. Segundo este mesmo estudo o percentual pré-pandemia era de 8,4%. A pesquisa também apontou os estados com maior consumo per capita de alimentos e Rio Grande do Sul, São Paulo e Santa Catarina se destacam acima dos R $2,50 mil.

E para 2022, tendências como redes atacadistas, consumo consciente e compras online, são só algumas que estão em voga. E para você ficar a par das inovações em hábitos de consumo a Helioprint reuniu as principais neste artigo. Confira:

1. Atacarejos estão se espalhando rapidamente

Imagine o seguinte cenário: em uma semana você passa por uma rua próxima a sua casa e avista um terreno cheio de estruturas pré-moldadas e imagina o que vai sair ali. Poucos dias depois, você passa novamente no mesmo lugar e "ta-ram" uma nova rede atacadista inaugurou no seu bairro. Essa história vem se tornando bem comum em várias cidades brasileiras. 

Com as mudanças no comportamento do consumidor, o varejo alimentício enfrentou diversas adversidades. E em meio a situações como, por exemplo, alta da inflação, desemprego e outras dificuldades financeiras, o cliente está atrás dos preços mais baixos. E é aí que os “atacarejos” entram em cena.

Segundo uma pesquisa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) os “atacarejos” demonstram valores mais atraentes em comparação a outros tipos de lojas de varejo. De acordo com a Associação Brasileira de Supermercados (Abras), de janeiro até setembro foram inauguradas 138 lojas, inauguradas 151 e reformadas outras 74. Uma tendência que vai crescer ainda mais em 2022.

2. Preocupação ecológica e consumo consciente 

Isso já deixou de ser novidade a muito tempo. Porém, a preocupação com a sustentabilidade segue forte em 2022. É essencial que as empresas comecem a se preocupar com políticas sustentáveis. Afinal, o novo consumidor está atrás de marcas que fazem a diferença na sua comunidade. Por isso, ações simples como incentivar o uso de sacolas retornáveis e estações de coleta de itens como lâmpadas, pilhas e óleo de cozinha, por exemplo, podem fazer a diferença.

Oferecer dicas de reciclagem de embalagens plásticas e fechar parcerias com fornecedores locais também são ótimas ideias. Lembre-se que pequenas atitudes fazem toda a diferença para o seu negócio e também para o planeta.

3. O consumidor está online

Outra coisa que não é novidade é que o cliente está utilizando mais a internet como um meio para consumo. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mais de 82,7% dos domicílios brasileiros têm acesso à internet. E esse cenário só tem a crescer. Por isso, investir em anúncios, em um site institucional e nas redes sociais é de vital importância. 

Perseguir o novo consumidor pode ser a diferença entre o sucesso e a mesmice. O cliente está no Instagram, no Facebook e principalmente no WhatsApp. Enviar as promoções por esses meios têm potencial de alcançar muitos consumidores. Por isso, fique online! 

4. Omnichannel e a compra por conveniência

A experiência na hora da compra faz toda a diferença para o consumidor. Como já citamos acima, o cliente está online e por isso é fundamental alcançá-lo lá. Uma ótima estratégia para uma ótima experiência de compra online é o Omnichannel. Que nada mais é do que integrar site, aplicativo e loja física tornando a jornada do consumidor ainda melhor utilizando essas plataformas. Desse jeito, o cliente pode efetuar o pedido pelo app, efetuar o pagamento pelo site e retirar os itens na loja física.

5. Novos tipos de tecnologia estão chegando nos supermercados

Ainda de olho no futuro, unir praticidade e tecnologia é uma tendência para os próximos anos. Inovações como: Inteligência artificial (I.A.), que pode cruzar dados de forma rápida e determinar qual produto irá vender mais, em determinado período. E Chatbots, que são assistentes virtuais capazes de tornar a comunicação mais ágil e assertiva para com os clientes. 

Um exemplo de que a tecnologia pode ser uma boa ideia para atrair clientes é o caso de uma rede de Santa Catarina implantou pagamento por reconhecimento facial. A tecnologia permite que sem precisar tirar o cartão nem a máscara o cliente pague a conta evitando o contato físico. A unidade que fica em Florianópolis utiliza a Payface para reduzir as filas e acelerar o processo de compra. Uma evolução e tanto para o setor do varejo, não é mesmo?!

6. A última tendência é continuar usando os serviços da Helioprint

Há mais de quatro décadas fazendo parte da vida dos seus clientes, a Helioprint se mantém a par das últimas tendências de mercado. Principalmente, no que se trata de impressão de cartazes. Para isso a inovação da vez é a ferramenta que irá ajudar você na criação o ByPrice. O sistema da permite a criação de materiais online com facilidade e precisão.

O ByPrice é um software que cria e armazena as artes em nuvem, ou seja, você não precisa baixá-lo no computador. Com a facilidade de qualquer funcionário conseguir acessar o sistema, acelera a produção de cartazes. Essa tecnologia unida ao outsourcing de impressão (aluguel de equipamentos de impressão) pode fazer a diferença no seu negócio. E para se manter a par das tendências de consumo e também de impressão, é claro, conte com a Helioprint!