Vantagens do Tech as a Service: Flexibilidade e Eficiência para seu Negócio

Como já vimos em outros conteúdos do blog, o Tech as a Service trata-se de um conceito que envolve o uso de soluções tecnológicas, como IA, armazenamento de dados, entre outras. A seguir vamos te mostrar algumas vantagens do TaaS, que podem melhorar o desempenho da sua empresa e ainda oferecer um diferencial competitivo ao negócio. 

Uptime garantido pelos provedores de Tech as a Service (TaaS)

No ambiente corporativo atual, em que depender da tecnologia é algo crítico, a garantia de uptime oferecida pelo Tech as a Service (TaaS) é de extrema importância. 

Ele refere-se ao tempo em que um sistema está operacional e disponível para uso, sendo um indicador chave da confiabilidade e eficácia de serviços tecnológicos. 

Em primeiro lugar, a garantia de uptime significa que as operações da empresa podem continuar sem interrupções significativas que poderiam levar a perdas financeiras consideráveis, impactar a produtividade e prejudicar a reputação do negócio.

Além disso, o uptime garantido assegura que os sistemas essenciais para as operações diárias estejam sempre disponíveis, sendo crucial para manter a produtividade dos funcionários e garantir que processos críticos sejam executados sem atrasos.

Seja através de plataformas de e-commerce, sistemas de atendimento ao cliente ou serviços online, a disponibilidade constante é fundamental para oferecer uma experiência positiva ao cliente.

Por fim, a garantia de uptime permite que as empresas planejem seu crescimento e escalabilidade com confiança. Com a certeza de que seus sistemas estarão sempre disponíveis, as organizações podem focar em expandir suas operações e explorar novas tecnologias.

Redução de Custos

Esta vantagem ocorre por meio da transformação de despesas de capital (CapEx) em despesas operacionais (OpEx). 

CapEx (Capital Expenditure): CapEx refere-se a despesas de capital, que são investimentos significativos em ativos físicos como hardware, servidores, licenças de software e infraestrutura de TI. 

Esses investimentos geralmente requerem grandes desembolsos iniciais e os ativos adquiridos ficam obsoletos com o tempo. Exemplos incluem a compra de novos servidores, a construção de data centers e a aquisição de licenças de software permanentes.

OpEx (Operational Expenditure): Por outro lado, refere-se a despesas operacionais, custos contínuos necessários para manter e operar a infraestrutura de TI –  como salários de funcionários, despesas com energia, manutenção e serviços de assinatura. 

Logo, os custos que antes eram considerados CapEx são convertidos em OpEx. Essa transformação traz várias vantagens, incluindo redução de investimentos iniciais, previsibilidade de custos, eliminação de de depreciação, manutenção e suporte. 

Modelos de Assinatura e Pay-as-you-go no Tech as a Service (TaaS)

O Tech as a Service (TaaS) oferece dois modelos de pagamento principais que revolucionam a gestão financeira das empresas: a assinatura e o pay-as-you-go. 

Ambos proporcionam flexibilidade e previsibilidade de custos, facilitando o planejamento e a alocação eficiente de recursos. 

A seguir vamos te explicar como cada um deles funciona e impacta a gestão financeira.

Modelo de Assinatura

Nele as empresas pagam uma taxa fixa regular (mensal, trimestral ou anual) para acessar serviços tecnológicos. 

Esse valor cobre o uso de hardware, software, manutenção, suporte e atualizações, proporcionando acesso contínuo a tecnologias de ponta sem a necessidade de grandes investimentos iniciais.

Benefícios: previsibilidade de custos, redução de despesas iniciais, contar com manutenção e suporte e acesso a atualizações sem custo adicional. 

Modelo Pay-as-you-go

Permite que as empresas paguem apenas pelos recursos tecnológicos que utilizam. Assim, ele acaba sendo altamente flexível, permitindo ajustes rápidos na quantidade de recursos consumidos conforme a demanda, sem comprometer a eficiência operacional.

Portanto, tanto o modelo de assinatura quanto o pay-as-you-go oferecem maneiras eficazes de gerenciar os custos de TI, proporcionando flexibilidade e previsibilidade. 

Além disso, ajudam as empresas a evitar grandes investimentos iniciais, melhorar o fluxo de caixa e garantir que estejam sempre usando as tecnologias mais recentes.

vantagens do TaaS

Eficiência Operacional

A automatização oferecida pelo Tech as a Service (TaaS) desempenha um papel crucial na melhoria da eficiência e do desempenho das empresas.

Ao integrar soluções automatizadas em suas operações é possível aumentar a produtividade e melhorar a qualidade dos serviços

Neste contexto, vamos explorar como a automatização proporcionada pelo TaaS transforma a maneira como as empresas operam e destacaremos os principais benefícios dessa transformação.

Automatização de processos repetitivos: Processos como backups de dados, monitoramento de desempenho, atualizações de software e gestão de inventário podem ser automatizados. Assim, libera os funcionários para se concentrarem em tarefas mais estratégicas e de alto valor agregado.

Aumento da produtividade: Os funcionários podem dedicar mais tempo a atividades que exigem criatividade e pensamento estratégico, aumentando a produtividade geral e minimizando a ocorrência de erros humanos em tarefas repetitivas.

Integração de Sistemas: Além disso, o TaaS facilita a integração de diferentes sistemas e ferramentas, permitindo uma comunicação mais eficiente entre departamentos e uma melhor gestão de ativos de TI. 

Monitoramento de dados em tempo real: O TaaS permite o monitoramento contínuo de desempenho e a análise em tempo real das informações, o que proporciona às empresas insights valiosos e a capacidade de tomar decisões informadas de forma rápida.

Uptime garantido pelos provedores com as vantagens do TaaS

No ambiente corporativo atual, onde a dependência de tecnologia é crítica, a garantia de uptime oferecida pelos provedores de Tech as a Service (TaaS) é de extrema importância. 

Ele refere-se ao tempo em que um sistema está operacional e disponível para uso, e é um indicador chave da confiabilidade e eficácia de serviços tecnológicos. 

Em primeiro lugar, a garantia de uptime significa que as operações da empresa podem continuar sem interrupções significativas que poderiam levar a perdas financeiras consideráveis, impactar a produtividade e prejudicar a reputação da empresa. 

Além disso, o uptime garantido assegura que os sistemas essenciais para as operações diárias estejam sempre disponíveis, sendo crucial para manter a produtividade dos funcionários e garantir que processos críticos sejam executados sem atrasos.

Seja através de plataformas de e-commerce, sistemas de atendimento ao cliente ou serviços online, a disponibilidade constante é fundamental para oferecer uma experiência positiva ao cliente.

Por fim, a garantia de uptime permite que as empresas planejem seu crescimento e escalabilidade com confiança. Com a certeza de que seus sistemas estarão sempre disponíveis, as organizações podem focar em expandir suas operações e explorar novas tecnologias.

Acesso a Tecnologias Avançadas

A transformação digital é um imperativo estratégico para empresas que desejam se manter competitivas no mercado atual.  

As vantagens do TaaS surge como um facilitador essencial desse processo, oferecendo flexibilidade, escalabilidade e acesso a tecnologias de ponta de maneira simplificada. 

Proporcionar acesso contínuo a tecnologias de ponta é uma das vantagens do TaaS. As empresas não precisam se preocupar com a aquisição de novos dispositivos, pois os provedores garantem que seus clientes sempre utilizem as versões mais recentes e avançadas.

Assim, é possível garantir também o acesso a inovação, obtendo uma ligeira vantagem competitiva, bem como proteger melhor seus dados e operações contra ameaças cibernéticas.

Flexibilidade e Escalabilidade 

A adaptabilidade dos contratos é uma das vantagens do TaaS, permitindo que as empresas escolham suas operações conforme a demanda. Personalizando soluções para atender às suas necessidades específicas. 

Essa flexibilidade é crucial em um ambiente de negócios dinâmico, onde as necessidades tecnológicas podem mudar rapidamente. As empresas podem aumentar ou diminuir seus recursos de TI conforme necessário, pagando apenas pelo que realmente utilizam.

Em relação a eficiência operacional, também é possível otimizar o uso de recursos, evitando gastos excessivos com infraestrutura. Dessa forma, pode-se garantir que as soluções de TaaS se alinhem com os objetivos e requisitos específicos do seu negócio. 

vantagens do TaaS

Segurança e Compliance

No ambiente digital atual, a segurança é uma prioridade crítica para as empresas. Nesse cenário, os provedores de Tech as a Service (TaaS) se tornam essenciais para ajudar a proteger os dados e as operações de seus clientes.

Agora vamos citar mais sobre as principais medidas de segurança adotadas para garantir a conformidade regulatória.

Criptografia avançada: Em primeiro lugar, os provedores de TaaS utilizam criptografia avançada para proteger dados em trânsito e em repouso. Isso garante que as informações confidenciais permaneçam seguras e inacessíveis a hackers. 

Autenticação Multifator (MFA): É extremamente útil para adicionar uma camada extra de segurança. Com MFA, os usuários devem fornecer duas ou mais formas de identificação antes de obter acesso aos sistemas. 

Dessa forma é possível reduzir o risco dos acessos não autorizados e dificultar as ameaças cibernéticas.

Monitoramento e detecção de ameaças: Também é possível implementar sistemas de monitoramento contínuo e detecção de ameaças. Eles utilizam inteligência artificial e machine learning para identificar e mitigar ameaças em tempo real, permitindo a detecção e resposta rápidas a incidentes de segurança.

Conformidade com regulamentos de privacidade: Ainda assim não podemos deixar de citar que estamos em dia com as regras da LGPD. Realizando a gestão adequada de dados pessoais e a implementação de medidas de proteção robustas.

Auditorias e Relatórios Regulares: Essa prática possibilita a realização de  relatórios de conformidade detalhados para os clientes. Logo, isso ajuda a identificar e corrigir vulnerabilidades potenciais.

Dessa forma, podemos identificar que as vantagens do TaaS são notáveis e podem fazer a diferença no seu negócio. 

Com ele, você pode melhorar a eficiência das suas operações. Ter mais controle dos seus investimentos em tecnologia, ampliar o seu acesso a elas e garantir um diferencial de mercado.

Conte com o melhor parceiro nesse processo. Na Helyo oferecemos tecnologia como serviço, otimizando as suas operações e te ajudando com toda a sua gestão em TI. Assim, você pode focar no crescimento e expansão do seu negócio, e contar com os nossos especialistas. Para garantir que a sua empresa continue inovando e entregando excelência, ao simplificar a gestão de tecnologia nas mãos de quem é líder no mercado.

Helioprint é certificada como empresa referência pelo selo GPTW

Mais uma vez premiada pelo Great Place To Work, a empresa comemora os seus 41 anos de existência com o melhor presente possível, o reconhecimento!

A Helioprint é uma empresa GPTW que coleciona momentos e histórias junto aos seus colaboradores há mais de quatro décadas. Fundada em 1980, inicialmente vendendo papéis heliográficos, a empresa cresceu, se desenvolveu e evoluiu. E, hoje, tem como um dos principais objetivos conectar os clientes com os mais modernos avanços do mundo gráfico.

Comemorando em 2021, 41 anos de existência, a Helioprint se moldou e caminhou a passos largos com a tecnologia ao longo de sua trajetória. Acompanhando e guiando a empresa através destas mudanças que o tempo trouxe, estavam os profissionais da Helioprint. Colaboradores treinados, envolvidos e vontade de estar sempre à frente. Eles são o motivo da renovação do selo Great Place To Work (GPTW). A seguir, saiba o que significa este reconhecimento para a empresa:

História do selo Great Place To Work (GPTW)

Nos anos 1980, Robert Levering, um jornalista da área trabalhista, foi convidado para escrever um livro sobre as melhores empresas para se trabalhar. Convencido de que tal absurdo não existia, Robert não aceitou o convite. Após muitas negociações, ele chegou a sugerir uma abordagem diferente: um livro sobre as piores empresas para se trabalhar.

A editora considerou a proposta mas, com medo dos inúmeros processos que a publicação geraria escolheu se abster. Algumas conversas calorosas depois, Levering acabou aceitando o desafio. Sendo assim, começou sua longa jornada entrevistando colaboradores de várias empresas em todo o país.

Como já havia previsto, a parte das pessoas entrevistadas demonstraram repulsa e animosidade com as empresas as quais trabalhavam. Entretanto, o que chocou o jornalista foi constatar que também existiam aquelas que realmente amavam onde trabalhavam e seus companheiros de equipe. Motivado pela descoberta, Robert montou numa pequena sala o seu escritório, o qual chamou de Great Place To Work “ótimo lugar para trabalhar”, em inglês.

Qual a importância do selo GPTW para uma empresa?

Essa certificação indica que a empresa é um ótimo lugar para trabalhar. E em um mundo em que tudo se transforma em um ritmo constante, isto é muito importante. Assim como o cliente agora busca a experiência ou invés do preço. O colaborador não se preocupa mais somente com o salário, mas também com o ambiente ao qual vai se inserir. O selo, por sua vez, atrai muitos profissionais, o que aumenta a chance da empresa encontrar os melhores funcionários nos recrutamentos.

Empresas de todos os tamanhos, segmentos e nacionalidades podem passar pela consultoria e atingir os elevados requisitos da GPTW para conquistar o selo de qualidade. Pontos como autonomia, clima organizacional, remuneração, transparência na gestão e orgulho ao fazer parte da organização, são avaliados. As empresas que atingem a média de 70 pontos mais, podem receber a certificação. E ao final da pesquisa compõe um ranking. 

Como funciona o ranking?

Anualmente, a GPTW divulga um ranking com as empresas certificadas de acordo com suas notas. No Brasil, esta listagem é divulgada pela revista Época Negócios e possui cerca de 40 rankings. Com as categorias: multinacional, nacional, regional, setorial e temática (melhores empresas para mulheres, PCDs, LGBTQI+ etc). Também há o ranking América Latina dividido entre multinacionais, grandes empresas nacionais, pequenas e médias empresas nacionais.

Como funciona o certificado?

A GPTW disponibiliza um questionário online, denominado Trust Index ou pesquisa de clima organizacional. A avaliação é feita pelos colaboradores e envolve cinco dimensões: credibilidade, respeito, imparcialidade, orgulho e camaradagem.

Depois que o questionário é respondido é gerado um relatório com o resultado. Este por sua vez, aponta como os colaboradores enxergam a empresa. A certificação tem duração de um ano.

Além de posicionar bem a empresa no mercado, o certificado tem a função de gerar um amplo feedback. Pois, de acordo com as respostas dos funcionários é possível enxergar os pontos fortes e fracos da organização. Assim, a empresa pode estabelecer estratégias eficazes com a sua equipe para melhorar o ambiente. 

Helioprint é uma empresa GPTW

Essa não é a primeira vez que a empresa Helioprint recebe este certificado GPTW. Em 2018, a empresa foi laureada com o selo e se destacou como umas das melhores empresas do país para se trabalhar. A renovação do selo em meio a uma pandemia mundial, torna ainda mais importante o aniversário de 41 anos da empresa. Que ao longo de sua trajetória assistiu e também participou de incontáveis momentos históricos e conseguiu persistir. 

Uma das constantes preocupações da empresa é manter o ambiente profissional o mais humano possível. Sem distinguir clientes, diretores e colaboradores, pois todos fazem parte da organização. A obtenção do selo GPTW é prova que a empresa continua no caminho correto

Para a Helioprint a certificação é uma forma de reter e atrair talentos, além de melhorar os resultados. Com o trabalho e dedicação combinados é possível obter um ótimo clima organizacional e aumentar a produtividade e comprometimento entre os envolvidos. Segundo Janaina M. Zgoda, Gestora de RH, os colaboradores representam quem a empresa é, sua forma de agir e onde quer chegar.

“Valorizá-los e prezar pelo bem-estar de todos, são tarefas fundamentais para atingirmos nossos objetivos e superarmos nossos desafios. Receber a certificação demonstra que estamos no caminho certo. Ganhamos nós, ganha o nosso time e, principalmente, ganham os nossos clientes”, comenta.

Compromisso da Helioprint

Mesmo para as empresas mais preparadas e bem geridas do mundo a pandemia foi algo totalmente inesperado e fora do controle. Ela gerou um novo significado para a resiliência no mercado empresarial. Em meio a pequenas, médias e até mesmo grandes organizações que não conseguiram resistir neste cenário econômico, a Helioprint se manteve forte. E a renovação do selo Great Place To Work é a prova de que um dos motivos para persistir são os seus colaboradores.

Como já descobrimos, nem os melhores consultores do mercado conseguem prever o futuro. Que pode se mostrar inconstante, imprevisível e perigoso. Mas uma coisa é certa, a Helioprint continuará levando novas tecnologias do mundo gráfico para os seus clientes. Até a próxima!

41 anos de Helioprint: como ser visionária na impressão digital?

Inicialmente, vendendo papéis heliográficos, a empresa acompanhou de perto as mudanças tecnológicas e nunca parou de evoluir no mercado gráfico

A prensa tipográfica de Gutenberg e a impressão digital são separadas por muitos séculos de evolução. Entretanto, com a globalização, a invenção da internet e outras tecnologias, o “novo” é capaz de se tornar obsoleto ou ultrapassado em pouco tempo. E para não ficar para trás é preciso ficar em constante movimento e não ter medo de mudar.

Há mais de quatro décadas no mercado gráfico, a Helioprint acompanhou de perto a evolução dos equipamentos de impressão. O que era somente um sonho para Gutenberg, hoje, faz parte do dia a dia das pessoas. Afinal, as pessoas lidam com o impresso constantemente. Seja com as impressoras do trabalho e no home office ou ao ler um livro, jornal ou revista. 

 Nos panfletos recebidos na rua e nos exames entregues pelos médicos aos pacientes. Pois a comunicação impressa é muito importante para a sociedade.

“Pensar o passado para compreender o presente e idealizar o futuro”, disse certa vez o historiador grego Heródoto. Por isso, antes de responder a pergunta principal deste artigo, “Como ser visionária na impressão digital?”, é importante entender o passado.

De Gutenberg às impressão digital

No século XV, o alemão Johann Gutenberg deu início ao processo de impressão em grande escala. Naquele tempo, as escrituras não eram de fácil acesso às pessoas comuns. Geralmente caras, pois eram escritas manualmente por monges, processo que demandava muito tempo, eram extremamente raras e geralmente ligadas a assuntos religiosos. 

Gutenberg, era um estudioso e após muitos anos de frustração por não poder adquirir livros teve uma ideia para facilitar este processo. Após várias tentativas, ele criou caracteres móveis em chumbo fundido e fabricou tintas para espalhar sobre as letras. Essas eram dispostas de modo a formar as frases sobre uma prensa que servia para produzir vinhos. E foi assim que surgiu a impressão tipográfica que é considerada uma das mais importantes invenções da humanidade.

Ao longo dos anos a invenção de Gutenberg passou por diversos aperfeiçoamentos. Da litografia em 1796, passando pela impressora de alta velocidade com entintamento automático até chegar a impressão cilíndrica no século XIX. 

Cada vez necessitando menos de processos manuais e se tornando mais rápida e aprimorada. No século XX foi criado o processo que utilizamos até hoje, o offset. Que são grandes tiragens com alta qualidade e em diferentes tipos de papel. Nele as partículas de tinta aderem ao papel por meio de atração elétrica resultando na impressão a laser. Esta tecnologia deu origem às fotocopiadoras. E depois disso, com a invenção dos computadores, a impressão digital teve início.

Helioprint e o mercado de impressão

Criada em 1980, a história da empresa se molda à evolução da impressão digital. Inicialmente, revendendo papéis heliográficos (de onde vem o prefixo Helio) incorporou a linha de copiadoras ao portfólio em 1992. Equipamentos que mais tarde se tornaram as atuais multifuncionais. Que são capazes de imprimir, escanear e compartilhar documentos em poucos cliques. Atualmente, a empresa oferece produtos e soluções em outsourcing de impressão e gestão de documentos. Presente em áreas corporativas, gráfica, médica e varejo, com venda e locação de equipamentos. 

Impressão digital em meio a uma pandemia mundial

Já vimos que mudanças fazem parte da história da Helioprint. Entretanto, 2020 trouxe consigo o inimaginável. A Covid-19 surpreendeu negativamente a humanidade que repentinamente teve que se adequar a uma pandemia mundial. Há mais de um ano empresas de todos os ramos estão persistindo e se reinventando para continuar em meio a uma crise econômica. No mercado gráfico isso não é diferente. 

Mas é possível enxergar uma oportunidade mesmo em meio a uma crise. E enquanto alguns choram, outros vendem lenços, como diz o ditado popular. Segundo uma pesquisa realizada nos EUA, a procura por sinalização relacionada a Covid-19 cresceu 60%.

Com o home office em destaque, softwares que possibilitam a impressão de documentos importantes da casa do funcionário para a empresa se mostraram imprescindíveis. Além disso, eles também são indispensáveis para monitorar o desempenho dos equipamentos sem estar fisicamente no local e gerar relatórios. O que torna o outsourcing de impressão uma constante no “novo normal”.

41 anos de Helioprint

Mas afinal, o que faz a Helioprint ser visionária na impressão digital? Para Júlio Jaginski, que faz parte da área gráfica da empresa, é a busca constante por inovação.

“Estamos sempre em busca de novas tecnologias tanto em equipamentos quanto em softwares. Assim podemos entregar não só impressoras aos nossos clientes, mas também gestão tanto em cor quanto em fluxos de trabalho. Sempre visando fazer com que a impressão seja uma fonte de renda e não uma dor de cabeça para eles”, comenta o profissional.

De acordo com Neri Jair, responsável pelo atendimento aos clientes é o ambiente inclusivo e acolhedor que leva a empresa a ser cada vez mais visionária.

“É gratificante estar aqui, principalmente pela maneira como a Helioprint trata os funcionários e os clientes. Sempre com respeito e de olho na inovação e preocupada em trazer mais conhecimento para o colaborador. A nossa empresa também cria um clima homogêneo tornando um lugar muito bom de se trabalhar”, completa.

Este ano, além de comemorar o aniversário de 41 anos, a Helioprint celebra a certificação do Great Place To Work (GPTW). Um selo que indica a qualidade do ambiente de trabalho pela visão do colaborador. É a quarta vez que a empresa se destaca no ranking do GPTW no país. E prova que proporcionar um ambiente humano e preocupado com todos os envolvidos na rotina da empresa é fundamental.

“Não imprima tudo, mas imprima sempre”

É o que diz o manifesto da Helioprint. Há quem diga que o papel impresso está com os dias contados, mas a Helioprint não acredita nisso. Ela crê que não vai acabar, mas sim, se transformar. Os softwares de monitoramento remoto possibilitam o controle total do que é impresso. Evitando erros de impressão e grandes estoques de materiais impressos inutilizados. Não é o fim do impresso, mas o início da impressão com qualidade, eficiência e consciência. 

A Helioprint acredita no futuro e quer celebrar e continuar evoluindo nos próximos 40 anos. Sempre pensando em trazer o melhor em tecnologia de impressão para os seus clientes. Pois se existe uma constante nas últimas quatro décadas de existência da empresa é a capacidade de transformação.

40 anos pra frente: como será o futuro da impressão digital?

Cuidando do presente e com os olhos no futuro da impressão, a Helioprint está preparada para as tendências do mercado gráfico.

Quando falamos em futuro da impressão podemos imaginar algo distante e demorado. É certo que esperávamos por carros voadores e energia por meio de wireless em 2020. Mas o cenário foi bem diferente. A pandemia veio para bagunçar o nosso gráfico em linha crescente de evolução. Muitas empresas diminuíram o seu quadro de funcionários, reduziram as horas de trabalho ou infelizmente tiveram que fechar.

Enquanto uns pensavam sobre colocar ou não seu restaurante em aplicativos de entrega, fazer ou não um e-commerce outros já estavam fazendo. Mesmo sem poder prever uma pandemia, algumas empresas já estavam adiantadas em relação às tendências que ainda estavam por vir.

Comércios digitalizados, funcionários com suporte para trabalhar em home office e vários outros fatores. Tudo isso mostra que está trabalhando no presente com os olhos voltados para o futuro da impressão é a chave para não ser pego de surpresa.

A capacidade de se adaptar

A Helioprint cuida dos seus clientes no presente, mas está em busca do novo sempre. Nós temos muito orgulho da nossa história e como vivenciamos cada mudança seja na tecnologia ou no comportamento dos nossos clientes.

Olhando para trás temos a certeza que em conjunto com os principais fabricantes de impressoras multifuncionais do mundo ajudamos a imprimir o presente. Pois, além de estarmos atentos às tendências, nós ajudamos a construí-las.

Iniciamos em 1980 revendendo papéis heliográficos e nos adaptamos ao mercado conforme o tempo foi passando. Atualmente temos em nosso portfólio uma ampla gama de produtos e soluções em outsourcing de impressão e gestão de documentos.

Para nós, adaptação não é um processo doloroso. Conhecer novos equipamentos e suas funcionalidades e disponibilizarmos aos nossos clientes, é o que nos move.  Apesar da tecnologia ser nossa premissa, a Helioprint é construída por pessoas.

Temos muito orgulho da equipe que construímos ao longo dos anos. Profissionais que estão sempre em busca do novo e treinados pelos maiores fabricantes da indústria gráfica. Preparados para atender as mais complexas situações. A missão da nossa equipe é ir em busca de resultados positivos para nossos clientes.

A trajetória dos processos tipográficos

Para a sorte dos usuários de materiais gráficos, os equipamentos de impressão não pararam de evoluir após a invenção de Gutenberg. Atualmente temos processos gráficos específicos para cada material que desejamos imprimir. Offset, Rotogravura, Serigrafia, Tipografia, Flexografia, Tampografia, Hot-Stamp, Impressão Digital, entre tantas outras, por exemplo.

A possibilidade da impressão em escala conseguiu além de facilitar a vida de quem imprimi, democratizar informações que se tornaram acessíveis a quem precisa. Tudo isso por conta de pessoas que estavam pensando sempre a frente e enxergando soluções para problemas existentes.

Como foi o caso de Alois Senefelder que adaptou a impressão já existente criando a litografia. Anos depois Friedrich Koenig enxergou a necessidade da impressão ser mais veloz, criando o “entintamento automático”.

Nesse ritmo, os processos de impressão foram se adaptando ao mundo em evolução. Conforme a necessidade das impressões serem mais ágeis, o offset chegou. E hoje, para acompanhar a era tecnológica, a matriz digital foi adaptada para quase todos os processos de impressão.

40 anos pra frente

Em 2020 a Helioprint completa 40 anos de história. Longos anos acompanhando o mercado e fazendo parte dele. Trabalhando para que a impressão seja cada vez mais simples e prática para todos. Olhando no retrovisor e visualizando toda a evolução do mercado sabemos que o futuro da impressão reserva muitas mudanças. Mas como sempre ao longo da nossa história, estamos preparados para enfrentá-las.

Para a consultora de vendas da área médica na Helioprint, Thais Antunes, todas as áreas estão evoluindo e se modificando o tempo todo.

“Na área médica não seria diferente, porém, em uma velocidade ainda mais rápida do que outros setores. Hoje, temos uma série de ferramentas que propiciam a redução de impressão para hospitais, como assinaturas eletrônicas, softwares de gerenciamento de impressão para clínicas de diagnósticos e as impressões sob demanda. Além da telemedicina, que também impacta diretamente no volume de impressão. O futuro é este, imprimir o essencial”, afirma Thais.

Segundo o consultor comercial da área gráfica na Helioprint, Julio Jaginski, com o digital cada vez mais presente, as pessoas têm a percepção de que o papel impresso irá acabar.

“Acredito que a indústria gráfica está passando por um período de transformação. Em que as grandes tiragens dão espaço para a personalização, a busca por exclusividade e acabamentos cada vez mais nobres”, aponta Julio.

A consultora de projetos de impressão da Helioprint, Edirlaine Kratz, declara que o futuro da impressão será o controle.

“Controlar as páginas impressas será – e já deveria ser -, responsabilidade de cada pessoa, e não do gestor da área de TI ou financeira. O futuro é a redução de páginas, maior controle e conscientização humana ao meio ambiente”, declara Edirlaine.

Crescimento sustentável

Assim como em todas as áreas, a indústria gráfica está passando por transformações. A impressão ultrapassou gerações e foi aprimorando suas tecnologias para chegar até aqui. Há pessoas que desejam eternizar momentos através de fotos impressas em boa qualidade, por exemplo. Mesmo com o meio digital tão presente na vida das pessoas, comprar um livro físico ainda chama a atenção de tantos.

A Helioprint acredita que a transformação vem para melhorar, a tecnologia surge para resolver problemas já existentes em nossas vidas. Modelos de impressão que estão ficando para trás já não eram mais necessários em nosso cotidiano. Por exemplo, materiais impressos inutilizados, desatualizados e obsoletos realmente não fazem mais parte do mundo atual. Nesse sentido, por mais que a impressão se faça presente no cotidiano das pessoas, o mundo está entendendo que apenas o necessário já é suficiente.

Por isso, a Helioprint trabalha com parceiros que também pensam no futuro e no crescimento sustentável da indústria gráfica. Pensando em tecnologias que facilitem imprimir apenas o necessário, que apoiam e executam políticas de logística reversa. Além de colocar em prática ações dentro das próprias instituições visando um mundo mais sustentável.

O orgulho em fazer parte da história

Separamos alguns depoimentos do time da Helioprint que nos motiva a buscar sempre o novo e a cuidar com carinho das pessoas que há tanto tempo cuidam da empresa.

“Estamos em constante evolução! Este ano, completamos 40 anos. Nesta caminhada, já apresentei a impressão de exames em papel a muito clientes, ensinamos como é importante ter um controle sobre o parque de impressão e mostramos como uma ferramenta de monitoramento pode facilitar o dia-a-dia. E o mais importante: sempre entendendo a real necessidade de cada cliente.” Thais Antunes – Consultora de Vendas.

“A Helioprint me oportunizou entrar como estagiária e crescer internamente. Me descobri. Tive a chance de ser alguém maior. Estou em contato com pessoas diariamente e vejo o quanto eu amo a comunicação humana. Me sinto honrada em trabalhar em uma empresa que, culturalmente, é compatível com meus valores. Além disso, a paixão por cada colaborador fala mais alto. Somos uma equipe. A Helioprint nos faz ter paixão pela empresa e pelo nosso negócio.” Edirlaine Kratz – Consultora de Projetos de Impressão.

“Minha história na empresa começou em 2011. Nesse caminho, aprendi que posso ser empreendedor sem abrir uma empresa. E é muito gratificante estar aqui, onde todos acreditam no potencial da equipe. Isso nos dá a certeza que podemos ir muito longe. Estamos focados no presente e de olho no futuro, pois sabemos que temos muitos outros anos pela frente.” Julio Jaginski – Consultor comercial.

#SeuHelio40anos na vanguarda de soluções para boas impressões!

Há 40 anos, nascia a Helioprint. Inicialmente como uma revenda de papel, hoje é considerada referência em soluções para impressões e gestão de documentos, oferecendo uma série de produtos e serviços que otimizam variados negócios.

Muito mais do que oferecer soluções criativas para otimizar impressões, a Helioprint une pessoas e tecnologias com o objetivo de antecipar oportunidades para organizações de pequeno, médio e grande portes! Mas como essa história teve início? Vamos descobrir!

Fundada em 1980, na cidade de Blumenau, tudo começou como uma revenda de papéis heliográficos. Daí o nome Helioprint. Em 1992, a empresa iniciou a atuação na área de copiadoras – equipamentos que, com o passar dos anos, evoluíram para as atuais impressoras multifuncionais, que não apenas copiam, também imprimem, escaneiam, etc.

Atualmente, a Helioprint oferece soluções para impressões em outsourcing e gestão de documentos, especialmente na área gráfica, área médica e impressão para o varejo. Mas uma questão que sempre vem à tona é: até quando imprimir será viável?

Imprimir ou não imprimir?

Hoje, o outsourcing de impressão é o carro-chefe da Helioprint, que fornece equipamentos de ponta aos seus clientes, sem custos adicionais. Mas será que no futuro as pessoas continuarão imprimindo? Se sim, como fazer isso de maneira cada vez mais sustentável?

Imprimir sempre será uma necessidade. Mas não impressão de “qualquer material”, e sim a de documentos considerados essenciais, e também textos ou imagens que guardem algum valor sentimental às pessoas, por exemplo, fotografias, registros históricos, entre outros.

Então, a questão não é imprimir ou não imprimir, mas, sim, o que imprimir. Nesse caso, será cada vez mais essencial que as empresas que atuam no ramo otimizem seus processos com equipamentos realmente eficazes, capazes de imprimir tudo sem erros que gerem reimpressão. Aliás, “erros de impressão” são um dos fatores que mais geram desperdício!

A importância do impresso

Uma mostra de que o papel tem um forte apelo sentimental com as pessoas, é a célebre frase do autor paraibano Ariano Suassuna (1927-2014), que dizia: “A televisão é efêmera, o livro fica”. De fato, grandes autores como Cervantes ou Dostoiévski permanecem inesquecíveis por um motivo: seus pensamentos foram impressos e ficaram imortalizados.

Repare que não estamos mais falando de imprimir um bilhete ou a cópia de um documento sem importância, mas de obras clássicas que geram valor às pessoas. Assim, se imprimir uma infinidade de páginas apenas para “testar” a cor da impressora segue sendo condenável, imprimir os exemplares de um bom livro sempre será 100% relevante.

Meio ambiente e impressões

Mas e quanto ao meio ambiente? Esse é um tema do qual ninguém pode fugir. Todo e qualquer negócio, independentemente da área em que esteja, precisa se debruçar sobre o assunto com responsabilidade. Com a Helioprint não é diferente. Muito pelo contrário!

É por isso que a empresa trabalha em duas frentes importantes de redução de impactos. A primeira é na “eliminação do retrabalho”, disponibilizando equipamentos de ponta para que seus clientes não precisem imprimir duas vezes um mesmo material em função de erros corriqueiros, como amassamento de papel ou folha borrada. A segunda ação tem ligação com os cartuchos: a logística reversa. O que é isso? É o compromisso que a Helioprint tem com seus clientes de recolher os cartuchos vazios para que sejam destinados à reciclagem. 

Não por acaso, o time do #SomosTodosSeuHelio tem como missão “Colaborar com empresas, melhorando resultados através de soluções sustentáveis de impressões.”

Viver o presente, mas de olho no futuro

Buscar melhorias para o tempo presente, mas pensando no longo prazo, ou seja, no futuro das gerações que ainda virão, é o que tem norteado as ações da empresa nos últimos anos. Nesse sentido, o time da Helioprint está antecipando tendências ao fomentar um debate sobre o real equilíbrio entre o que é impresso e o que realmente precisa ser impresso.

Aliás, esse é o tema central do Manifesto Helioprint sobre o futuro da impressão. O documento chama atenção para uma mudança de paradigma importante, onde desperdícios gigantescos com impressos jogados no lixo são substituídos pela impressão do necessário, ou seja, “daquilo que realmente irá significar algo para alguém”

E completa: “Como resultado, podemos dizer que precisamos imprimir sim, e que precisamos imprimir sempre. Mas só o que se faz necessário ser impresso”.

Um time de sucesso

Por trás de toda grande empresa existe um time sensacional, empenhado, que acredita que seu trabalho, de fato, gera bons resultados não apenas para si, mas para a sociedade como um todo. E é assim na Helioprint, onde os colaboradores são como uma grande família. Tanto que quando alguém liga na empresa querendo falar com o “Seu Helio”, a resposta é uma só: #SomosTodosSeuHelio. Maior identificação com a marca, impossível. 🥳

“Olhar pra trás e ver o quanto a nossa empresa evoluiu em 40 anos é motivo de muito orgulho. Isso só é possível porque contamos com um time excepcional, pessoas que acreditam neste sonho e são apaixonadas pelo que fazem. E, também, nossos clientes, que confiam em nosso trabalho e nosso compromisso. Eles são, de fato, o nosso maior presente”, declara Adilson de Sousa, fundador da Helioprint.