Como a Copimagem aumentou seu volume de impressão colorida e reduziu custos

Veja como esta Gráfica Digital incrementou um aumento significativo na qualidade dos serviços, com os seus equipamentos em dia e sempre atualizados.

A Copimagem é uma gráfica localizada em Blumenau, Santa Catarina, com forte atuação no mercado de impressão digital no Val

Fundada por dois irmãos com espírito empreendedor, que enxergaram no segmento digital uma oportunidade crescente, a Copimagem é hoje uma das principais referências em impressão digital do estado de Santa Catarina.

Possui em sua carteira mais de 2.500 clientes ativos, fazendo pedidos recorrentes, alcançando um volume médio mensal com mais de 500 mil páginas impressas no seu parque de equipamentos de impressão digital.

Desafio

A Copimagem iniciou o ano de 2015 com grandes perspectivas voltadas para o potencial crescimento dos volumes de impressão digital na região. Seu parque de impressão na época estava muito próximo da capacidade produtiva máxima e a empresa precisava recorrer a turnos adicionais para fazer frente à crescente demanda por seus serviços.

No mesmo sentido – e para aproveitar a oportunidade de crescimento que se mostrava a frente – a Copimagem precisava conciliar uma política de preços competitivos à excelente qualidade de impressão colorida e entregas ágeis e confiáveis, o que não exigia apenas aumentar sua produtividade, mas também reduzir seus custos unitários e ampliar a qualidade e a variedade dos trabalhos que poderia oferecer a seus clientes.

Segundo os irmão Alan e Giuliano Maestri – proprietários da gráfica – outro desafio que se apresentava era a escalada do dólar em 2015 que exigia, além de produtividade e qualidade, um custo por página menor para que eles pudessem manter os preços e a rentabilidade de forma saudável.

Solução

Após uma análise detalhada das necessidades e dos desafios que se impunham naquele momento, a Helioprint sugeriu – como solução mais viável – a aquisição de uma nova solução de impressão digital colorida da marca Canon.

A recém lançada imagePRESS C800, tinha como principais características uma capacidade produtiva 30% maior que o parque já instalado, e que poderia proporcionar uma redução de 25% no custo unitário por página colorida impressa.

Em termos de especificações e qualidade de impressão, a nova solução também permitiria à Copimagem não apenas atualizar os serviços prestados a todos os seus clientes atuais com um considerável upgrade em resolução de impressão, gerenciamento de cor e diversidade de mídias, como, também, atacar nichos até então não explorados como a impressão em envelopes diretamente pelo equipamento, elaboração de convites, e outros impressos diferenciados.

Para completar o pilar econômico da solução, foi proposto uma linha de crédito diferenciada, que possibilitou a diluição do investimento a longo prazo com taxas até 20% abaixo das praticadas por bancos comerciais.

Atrelado aos itens de hardware e economia, ficou clara a importância de manter, também com a Helioprint, um contrato de manutenção que previsse não apenas as manutenções corretivas para a nova solução, mas também as manutenções preventivas programadas, que têm como objetivo aumentar o tempo entre as intervenções técnicas e reduzir os custos com quebras indesejadas.

Resultados

Com a implantação da solução de impressão imagePRESS C800, a Copimagem conseguiu atingir seus objetivos e superar os desafios que se apresentavam. Seu volume total de impressões coloridas cresceu mais de 30% ao mesmo tempo em que as pressões de aumento de custo foram neutralizadas, permitindo que a Copimagem mantivesse uma estratégia de preços competitivos com uma rentabilidade saudável, aproveitando as oportunidades de crescimento que a indústria gráfica digital apresenta.

Em termos de produtividade, ela não apenas cresceu sua capacidade produtiva mensal, mas também conseguiu aumentar em 50% o tempo entre as manutenções técnicas, graças ao plano de acompanhamento técnico e de manutenções preventivas programadas. Isso impactou em menos custo de manutenção, e também possibilitou à Copimagem manter seu equipamento produtivo por mais horas, resultando em entregas com qualidade e nos prazos pré-contratados por seus clientes.

Como a Gráfica Biguaçu aumentou a produtividade em mais de 2700% com uma troca simples

gráfica biguaçu depoimentoPor muito tempo a Gráfica Biguaçu não sabia que estava perdendo dinheiro. Porém, ao assumir o negócio, Flávio Junior decidiu inovar.

Com a ajuda da Helioprint ele fez uma troca simples e barata que aumentou muito a produtividade da sua gráfica.

Veja abaixo como era o cenário da empresa de Flávio e descubra como uma simples mudança pode alavancar um negócio rapidamente.

Como era a Gráfica Biguaçu antes de conhecer a Helioprint?

A gráfica Biguaçu nasceu em 2001. Ao longo de todos esses anos, o principal produto da empresa foi a impressão de blocos, orçamentos e outros produtos similares.

Para estes serviços eram usadas impressoras tipográficas, porém, as máquinas não conseguiam mais acompanhar o crescimento da empresa.

Ao perceber isso, a Gráfica Biguaçu passou a terceirizar a maior parte da produção em uma gráfica offset.

Tudo parecia bem, mas alguns problemas começaram a aparecer.

Quais eram os maiores problemas?

Com a impressão terceirizada, o processo de produção era muito demorado, pois era preciso separar os papéis necessários, entrar em contato com a empresa e solicitar o trabalho que demorava até quatro dias para ficar pronto.

E para piorar: Sempre que surgia uma demanda de papelaria, como cartões de visita ou panfletos, Flávio era obrigado a recusar o trabalho, pois os custos e a demora na produção tornavam o pedido inviável.

Qual foi a solução?

Nosso consultor gráfico, Julio, analisou a gráfica e os seus processos, e descobriu que terceirizar a produção era perda de tempo e dinheiro.

Ele, então, recomendou um equipamento de impressão colorido que poderia suprir todas necessidades da gráfica, e ainda aumentar a produtividade e a gama de produtos da empresa.

Este equipamento foi a Canon C3525.

Flávio Junior

Nosso serviço ficou muito mais rápido. Os trabalhos que demoravam 3 dias agora ficam prontos em 3 horas.

Resultado

Deixar a terceirização e adquirir o equipamento próprio, da Canon, foi uma mudança simples e poderosa na gráfica do Flávio.

Agora ele consegue entregar os trabalhos de forma rápida, e o tempo extra pode ser usado para atrair mais clientes para sua gráfica.

E tem mais: Agora a gráfica Biguaçu consegue oferecer produtos como cardápios, cartões de visitas, folders, flyers e muito mais.

Essas novas possibilidades, aliadas à diminuição de custos e agilidade na entrega, estão fazendo com que a gráfica Biguaçu cresça rapidamente.

https://www.youtube.com/watch?v=8OghLvX95DY

Quer fazer sua crescer também? Fale conosco!

Case: Como uma gráfica offset conseguiu aumentar a rentabilidade com impressão digital

Quando iniciou suas atividades há anos como uma gráfica offset, a Gráfica Inicial desfrutava de um momento econômico estável no país e principalmente de uma época, onde os serviços de impressão rápida não interferiam diretamente em sua demanda.

Mas com o passar dos anos viu-se uma evolução avassaladora de gráficas digitais tomando conta do mercado, oferecendo produtos de qualidade por um preço acessível e com prazos cada vez menores. Foi aí que eles enxergaram uma luz e optaram por aumentar a rentabilidade com impressão digital. 

Esta ascensão progressiva deste nicho de mercado emergente fez com que os empreendedores Gilberto e Fabiana buscassem uma alternativa para que a Gráfica Inicial superasse a concorrência e também pudesse suprir as demandas de baixas tiragens. A empresa, sediada em Florianópolis, completará 20 anos de atuação no mês de julho, ganhou novo fôlego a partir do momento que deixou de ser exclusivamente uma gráfica offset, para agregar novos serviços ao seu portfólio, através da impressão digital. 

Mudando o conceito para aumentar a rentabilidade com impressão digital

A estratégia de ação encontrada para manter o equilíbrio no fluxo de serviço e também financeiro foi aderir aos recursos da impressão digital preenchendo uma carência da região por serviços gráficos rápidos e pontuais. “As receitas provenientes dos serviços de gráfica offset eram cada vez menores e os custos operacionais, a cada mês estava ficando maior. Tivemos de trabalhar muito e por mais horas para tenta fechar a conta no final do mês”, avalia Gilberto, se referindo ao período difícil que a Gráfica Inicial passou.

O momento para migrar de segmento foi providencial para a sobrevivência da empresa. “A decisão de mudar os rumos do negócio foi uma percepção da evolução do mercado, pois cada vez mais estava insustentável depender de serviços offset e que as dificuldades para se manter neste nicho de atuação só aumentariam ao longo do tempo”, revela Fabiana. Percebendo que alguns dos clientes da região tinham de se deslocar até outros bairros para terem acesso aos serviços de gráfica rápida, apostou suas fichas no segmento para aumentar a rentabilidade com impressão digital, mesmo sem a devida experiência no setor. O início da nova era da Gráfica Inicial se deu a partir da aquisição de equipamentos para impressão digital colorida e impressão preto e branco para captação deste tipo de serviço.

Impressão com valor agregado

Posteriormente com o aumento da demanda e após alcançar um equilíbrio financeiro foi possível expandir e aplicar mais recursos na empresa. O fluxo crescente de clientes permitiu adquirir novos equipamentos de impressão digital colorida ampliando o seu portfólio de serviços, como por exemplo, uma impressora à laser colorida, para que pudesse atender mais esta demanda que representa uma impressão com valor agregado e foi útil para aumentar a rentabilidade com impressão digital.

Com a produção fluindo, notou-se uma grande demanda no mercado em busca de serviços feitos por equipamento para impressão digital, chegaram a conclusão de que estes necessitavam estar sempre em atividade para não deixar o cliente final na mão. Porém, logo esbarraram em outra dificuldade vindas dos altos custos de manutenção, pelo fato de terem optado por contratar serviços técnicos independentes. O que ocasionou no aumento das despesas com troca de peças, chamados avulsos, além do aspecto negativo por manter equipamento parado sem gerar receita.

Parceria Helioprint

Foi quando a Gráfica Inicial reconheceu a necessidade por novas soluções técnicas e comerciais mais produtivas, profissionais e personalizadas. A solução encontrada pelos empreendedores foi consolidar uma parceria com a Helioprint, a fim de ter acesso a uma completa solução de hardware e também para serviços técnicos e materiais de consumo. 

A partir da parceria com a Helioprint, a Gráfica Inicial investiu em um equipamento da Canon, da linha imagePRESS C60, até então uma novidade no mercado brasileiro. A impressora digital adquirida, além de garantir uma notável qualidade de imagem, apresenta ainda uma precisão e consistência de cores, imprimindo em uma variedade de mídias, com altas gramaturas.

Colhendo os frutos

A título de resultado, desde que a Gráfica Inicial mudou o rumo da empresa, aderindo as tecnologias digitais, uma nova realidade se estabeleceu, onde foi possível equilibrar o fluxo de caixa e também oferecer outros tipos de trabalhos, o que ajudou a aumentar a rentabilidade com impressão digital. “Agora que contamos com os equipamentos da Canon, temos condições de atender algumas agências e construtoras que eram nossos antigos clientes e que sempre exigiam uma excepcional qualidade de impressão”, afirma Fabiana.

Gilberto também considera que a mudança de segmento foi fundamental para a saúde financeira e o crescimento da Gráfica Inicial. “O nosso foco agora é em gráfica digital, onde pretendemos continuar investindo em equipamentos de produção digital, a medida que consigamos aumentar a demanda, mas sempre buscando captar serviços de maior valor agregado e complexidade”, avalia o empreendedor.