No mundo gráfico, saber exatamente quanto se está gastando em cada impressão é fundamental para a sustentabilidade do negócio. Aprenda a calcular isso hoje!

Quando falamos de impressão digital, calcular o custo de impressão por página é essencial para descobrir se você está, ou não, perdendo dinheiro. Contudo, o problema é que a maioria dos tutoriais que você encontra na internet não são precisos, e podem gerar resultados incorretos. Aí, já viu: o prejuízo sobre ainda mais. Nós, da Helioprint, uma empresa sediada em Blumenau-SC, somos especialistas em impressão e já ajudamos centenas de clientes a calcular o custo real de impressão, fazendo com que eles tirassem melhor proveito dos equipamentos. Nossa fórmula foi aprimorada em anos de trabalho. Quer descobrir essa fórmula? Neste artigo, você vai aprender como fazer o cálculo de cada página impressa para descobrir se suas impressoras estão gerando prejuízos.

Como calcular o custo de impressão?

[embed]https://www.youtube.com/watch?v=YXMxzWsTrBs[/embed] Na internet, você encontra diversas maneiras para calcular o custo de impressão por folha. Por exemplo, para impressora colorida, laser, etc. Mas há um problema: na maioria das vezes, a fórmula está incorreta, e não é possível obter os resultados reais dos custos. Lembre-se: o primeiro passo para reduzir custos com impressão é descobrir quanto você gasta. Por outro lado, nossa fórmula é segura e 100% precisa. Confira como funciona: em primeiro lugar, você vai precisar reunir as informações sobre rendimento e valor pago dos seguintes itens:
  • Toner preto;
  • Toner colorido (amarelo, ciano e magenta);
  • Cilindro preto;
  • Cilindro colorido (amarelo, ciano e magenta);
  • Revelador preto;
  • Revelador colorido (amarelo, ciano e magenta);
  • Fusão;
  • Belt.
Dica: as informações sobre os rendimentos das peças e toners você encontra no catálogo da impressora ou diretamente com o fabricante. No final, você terá algo parecido com isto:
Suprimento Rendimento Valor
Toner preto 10000 (5%) R$500
Toner colorido 10000 (5%) R$500 3)
Cilindro preto 50000 R$1.000
Cilindro colorido 50000 R$1.000 (x3)
Revelador preto 100000 R$1.500
Revelador colorido 100000 R$1.500 (x3)
Fusão 100000 R$2.000
Belt 100000 R$2.000
PS.: os valores de rendimento dos toners estão considerando a taxa de cobertura padrão do fabricante (5%). Falaremos mais sobre isso adiante. Agora que temos todas as informações, podemos realizar o cálculo. Mas antes de continuar, precisamos passar por uma etapa muito importante, que é calcular o consumo de toner de acordo com a área de cobertura. calcular custo de impressão

Como calcular o consumo de toner de acordo com a área de cobertura

Todo fabricante indica a quantidade de páginas que a impressora consegue imprimir com cada toner, no entanto, essa estimativa é feita com base em uma área de cobertura de 5%. Ou seja, a área de cobertura indica a quantidade de tinta que vai cobrir o papel. Assim, se você calcular o custo de impressão sem modificar a área de cobertura, seu resultado estará incorreto, pois sabemos que esse valor de cobertura não condiz com a realidade. Ou seja, para descobrir o rendimento real dos toners, basta aplicar o seguinte cálculo: (percentual de cobertura proposto pelo fabricante / percentual de cobertura que você irá utilizar) x (rendimento do toner com a cobertura proposta pelo fabricante).

Confira um exemplo prático

Vamos imaginar, por exemplo, que queremos trabalhar com uma área de cobertura de 80%. Para recalcular o rendimento do toner com 80%, teremos que dividir este número pela quantidade de toners da impressora, ou seja: 80/4 = 20. Depois, podemos aplicar este valor (20) à fórmula que mostramos anteriormente. Assim, teremos: (5/20) x 10000. Nosso resultado final será: 2500. Então, se antes a impressora era capaz de imprimir 10000 páginas (5% de cobertura), agora ela suporta apenas 2500 páginas (80% de cobertura). Sendo assim, confira como ficou nossa tabela de rendimento com a área de cobertura de 80%:
Suprimento Rendimento Valor
Toner preto 2500 (80%) R$500
Toner colorido 2500 (80%) R$500 (x3)
Cilindro preto 50000 R$1.000
Cilindro colorido 50000 R$1.000 (x3)
Revelador preto 100000 R$1.500
Revelador colorido 100000 R$1.500 (x3)
Fusão 100000 R$2.000
Belt 100000 R$2.000
Agora que já temos o rendimento de páginas de acordo com a área de cobertura, podemos continuar. Dentro do nosso exemplo, então, temos os seguintes valores para os toners:
Suprimento Rendimento Valor
Toner preto 2500 (80%) R$500
Toner colorido 2500 (80%) R$500 (x3)
Então, vamos começar pelo custo do toner preto. Ele renderá 2500 impressões com 80% de cobertura, e seu valor é de R$ 500,00. Ou seja, com esses valores em mão, basta aplicar à fórmula: rendimento / valor:
  • Custo por página do toner preto: 500 / 2500 = 0,2.

Calcular o custo dos toners coloridos

Para calcular o custo dos toners coloridos, usaremos a mesma técnica, porém, como são 3 toners. Ou seja, temos que multiplicar o resultado final por 3. Mas atenção: estamos multiplicando o resultado porque o custo dos toners coloridos são iguais. Caso contrário, é preciso calcular cada toner separadamente. Então teremos:
  • Custo por página dos toners coloridos: (500 / 2500) x 3 = 0,6.
Dica: se o resultado for um número quebrado, você pode arredondar o valor para cima. Por exemplo: 0,0666666666667 = 0,07

Custos com peças consumíveis

As peças consumíveis devem entrar no cálculo pelo fato de que precisam ser trocadas regularmente, assim como as tintas. Em nosso exemplo, as peças consumíveis são:
Suprimento Rendimento Valor
Cilindro preto 50000 R$1.000
Cilindro colorido 50000 R$1.000 (x3)
Revelador preto 100000 R$1.500
Revelador colorido 100000 R$1.500 (x3)
Fusão 100000 R$2.000
Belt 100000 R$2.000
Atenção: consideramos somente os principais consumíveis. Todavia, você pode colocar quantos consumíveis desejar na planilha. O cálculo é o mesmo. Por exemplo, para calcular os custos de impressão dos consumíveis da impressora, basta aplicar a mesma fórmula que utilizamos no cálculo dos toners: rendimento / valor. Sendo assim, vamos aos resultados. Custo por página:
  • Do cilindro preto: 1000 / 50000 = 0,02.
  • Dos cilindros coloridos: (1000 / 50000) x 3 = 0,06.
  • Do revelador preto: 1500 / 100000 = 0,015.
  • Do colorido: (1500 / 100000) x 3 = 0,045.
  • Da fusão: 2000 / 100000 = 0,02.
  • Da belt: 2000 / 100000 = 0,02.

Como calcular os custos com papéis

calcular custo de impressão 2

O custo com papel é outra variável que pode entrar na conta, e é simples de calcular. Basta dividir o valor pago pelo papel, pela quantidade de impressões realizadas. Em nosso caso, vamos imaginar que uma resma com 500 folhas custe R$ 20,00. Como nós projetamos a quantidade de 2500 impressões, teremos que comprar 5 resmas de 500 folhas, o que nos dá um custo total de R$ 100. E o resultado final é:
  • Custo por página com papel: 100 / 2500 = 0,04.
Descubra como reduzir o consumo de papel na sua empresa.

Calcular custo de impressão: resultado final

Depois que todas as variáveis estão prontas, basta somar tudo para ver qual será o custo de impressão por página da impressora. Veja:
Suprimento Rendimento Valor
Custo por página
Toner preto 2500 (80%) R$500 0,2
Toner colorido 2500 (80%) R$500 (x3) 0,6
Cilindro preto 50000 R$1.000 0,02
Cilindro colorido 50000 R$1.000 (x3) 0,06
Revelador preto 100000 R$1.500 0,015
Revelador colorido 100000 R$1.500 (x3) 0,045
Fusão 100000 R$2.000 0,02
Belt 100000 R$2.000 0,02
Papel 2500 R$100 0,04
Custo total por página: R$ 1,02
Assim, através dessa fórmula você pode calcular o custo e impressão da sua empresa, escola, gráfica ou uma simples impressora. E para facilitar a sua vida, não se esqueça de baixar nossa planilha para calcular custos de impressão.

Muito prazer, nós somos a Helioprint

E por fim, não se esqueça: quando o assunto for o Mundo Gráfico, temos sempre as melhores soluções pra você. Acesse agora mesmo o nosso site (helioprint.com.br) ou fale com um de nossos consultores: (47) 3144-4444. calcular custo de impressão